quinta-feira

Depressão e a Necessidade de Saber Dizer Não

Hoje encontrei um vídeo muito interessante produzido pela Organização Mundial da Saúde a respeito da depressão. Nele, esse mal é comparado a um cachorro preto, que assume diversos tamanhos, de acordo com o grau de importância que ele assume na vida da pessoa e suas reações. São apenas 4 minutos que podem ser de grande valia para o depressivo e para as pessoas que convivem com eles.




A mensagem do vídeo é clara: é de suma importância modificar os pensamentos, educando-os para uma melhor qualidade de vida. Mas, sinceramente, se isso fosse fácil, provavelmente não haveriam depressivos no mundo. Ok, fácil não é, mas impossível também não. O próprio processo educacional é difícil, porém necessário em todos os níveis da vida - educação escolar, educação para vida em sociedade, educação financeira, educação para o trânsito, e várias outras. São regras e padrões que precisam ser aprendidos, para que haja mais conforto e paz em seu mundo. A educação emocional não é menos importante  mas é, infelizmente, tão negligenciada que o resultado é uma verdadeira epidemia do mal chamado depressão.

segunda-feira

Egoismo

Resumo da Palestra no Portal de Sananda (GAF), nesta segunda-feira (25/08/14)

Tema: "Egoísmo"
A maioria das pessoas age egoisticamente e se julga feliz por fazer só o que lhe agrada. Por isso, para controlar esses gestos de errônea liberdade, as leis divinas estabelecem linhas limítrofes baseadas nos fundamentos da moral e dos bons costumes.
Mas, por total desconhecimento, essas pessoas se deixam levar pelo egocentrismo, impedindo qualquer argumentação contrariar seus meros caprichos. Ignoram que se não vivessem só em função de seus interesses pessoais, nada fazendo para deles se desapegar, poderiam mudar o estado vibracional, superando pensamentos, sentimentos e comportamentos egoísticos.
No entanto, de nada adianta adquirir compreensão meramente teórica que nenhum valor pode acrescentar sem a ação fraterna e amorosa.
Infelizmente, ainda tendemos à valorizar e mostrar que nossas virtudes e conhecimentos são bem mais valiosos do que os das outras pessoas que nos cercam. E, é esse sentimento de vanglória (vã glória) que gera o sentimento da arrogância e se transforma logo adiante no egoísmo.
Para externar toda potencialidade que à nós foi concedida como seres imortais, precisamos ter humildade no coração.
Ser humilde é não pensar só em nós mesmos, mas estarmos conscientes de nossas imperfeições.

Afinal, ainda há muito o que caminhar e, nesse percurso, precisamos aprender e praticar as lições recebidas com bom ânimo.